• Artigos Saint-Gobain Canalização

Artigos Saint-Gobain Canalização

Alturas de recobrimento

Enviado em 10 Julho 2018, 17:08 PM

As alturas de recobrimento mínimas e máximas para os tubos de ferro fundido dúctil dependem das características e das condições de assentamento.

É possível identificar três zonas em uma vala de assentamento:

• zona de reaterro (1)

• zona de reaterro controlado (2)

• solo natural (3)

A zona de reaterro (1) varia em função da região do assentamento (rural ou urbano) e deve levar em consideração a estabilidade da pavimentação de ruas e estradas.

A zona de reaterro controlado (2) é condicionada à estabilidade e proteção da canalização. Sua execução deve satisfazer às seguintes variáveis: características dos tubos (rígidos, semirrígidos ou flexíveis), cargas externas (altura do reaterro e cargas rodantes), a natureza rochosa e a heterogeneidade dos terrenos. Normalmente, a zona de reaterro controlado (2) é constituída por leito de assentamento e envoltória. A envoltória varia segundo a natureza da canalização.

Importante: Para tubos flexíveis, deve estende até 0,10m acima da geratriz superior do tubo, enquanto que, para tubos rígidos e semirrígidos, poderá ir até a altura do diâmetro horizontal da canalização.

 

TUBOS RÍGIDOS E SEMIRRÍGIDO

 

TUBOS FLEXÍVEIS

 

 

DEFINIÇÃO DOS TIPOS DE ASSENTAMENTO

A norma ANSI A 21.50 (AWWA/C-150) prevê cinco tipos normais de assentamentos que são relacionados, principalmente, com os cuidados que devem ser adotados com o fundo e o reaterro da vala.

Importante: O tubo de ferro fundido dúctil é o único material que pode ser assentado em qualquer uma das 5 opções:

Tipo 1:

• Fundo da vala plano (solo de origem inalterado).

• Reaterro não compactado.

 

 

Tipo 2:

• Fundo da vala plano (solo de origem inalterado).

• Reaterro levemente compactado até a metade do tubo.

 

 

Tipo 3:

• Tubo assentado em vala sobre leito de terra solta, não compactada, com espessura mínima de 0,10m.

• Reaterro levemente compactado até a parte superior do tubo.

 

 

Tipo 4:

• Tubo assentado em vala sobre leito de areia, pedregulho ou pedra britada, com espessura de 1/8 do diâmetro do tubo ou, no mínimo, de 0,10m.

• Reaterro compactado até a parte superior do tubo (aproximadamente 80% “Standard Proctor”. AASHTO- 99).

 

 

Tipo 5:

• Tubo assentado em vala sobre leito de material granular até a metade do tubo.

• Material granular ou “material selecionado” compactado até a parte superior do tubo (aproximadamente 90% “Standard Proctor”, AASHTO - 99).

• “Terra solta” ou “material selecionado” é definido como solo nativo escavado da própria vala, isento de pedras ou materiais estranhos.

 

 

DEFINIÇÃO DOS TIPOS DE SOLO

A norma IS0 10803 define 6 grupos que classificam diferentes solos para reaterro, ou seja, solos que são utilizados nas valas em volta dos tubos, compactados ou não, para dar suporte às tubulações. Estes grupos classificam os solos de origem assim como os materiais importados. E também são usados para classificação dos solos das paredes das valas.

Grupos de solos

Descrição sumária

A

Pedras com granulação de 6mm a 40mm, incluindo também grande quantidade de material local como: pedra fragmentada, pedregulho, pedrisco, cascalhos.

B

Solos com granulação grossa, com poucos ou nenhum fino, sem partículas maiores que 40mm.

C

Solos com granulação grossa, com finos, e solos com granulação fina, com média à nenhuma plasticidade, com mais de 25% de partículas grossas, limite de liquidez menor que 50%.

D

Solos com granulação fina, com média à nenhuma plasticidade, com menos de 25% de partículas grossas, limite de liquidez menor que 50%.

E

Solos com granulação fina, com média a alta plasticidade, limite de liquidez maior que 50%.

F

Solos de origem orgânica.

 

ALTURAS DE RECOBRIMENTO

As tabelas a seguir mostram as alturas de recobrimento máximas (sem carga rodante) e máximas e mínimas (com carga rodante) para tubos classes K7 e K9.

Solo tipo A – Sem carga rodante:

Diâmetro Nominal DN

Classe

Tipo de vala

Tipo 1

Tipo 2

Tipo 3

Tipo 4

Tipo 5

80

K7

42

43,2

44,8

48,5

56,1

K9

60,6

62,3

64,4

69,1

79,1

100

K7

28,6

29,4

30,8

33,7

39,7

K9

45,1

46,3

48,1

51,8

59,8

150

K6

16,6

17,1

18,3

21

26,3

K7

15,3

15,7

16,8

19,2

23,9

K9

26,5

27,3

28,5

31,3

37,1

200

K6

10,9

11,2

12,4

15,1

18

K7

11,7

12,1

13,2

15,6

20,3

K9

19,1

19,7

20,8

23,3

28,4

250

K6

8,5

8,7

10

12,8

18

K7

10,1

10,3

11,5

14,1

19

K9

15,4

15,8

17

19,4

24,3

300

K5

5,8

6

7,1

9,5

14

K6

6,3

6,5

7,6

10

14,5

K7

8,5

8,8

10

12,5

17,4

K8

10,9

11,2

12,4

15

20

K9

13,2

13,6

14,7

17,2

22,2

350

K5

5,1

5,2

6,3

8,8

13,3

K6

5,8

6

7,1

9,6

14,2

K7

7,6

7,9

9

11,6

16,5

K9

11,9

12,2

13,4

16

21

400

K5

4,7

4,8

6

8,5

13

K6

5,5

5,7

6,8

9,4

14,1

K7

7,1

7,3

8,5

11,1

16

K9

11

11,3

12,5

15,1

20,3

450

K5

4,5

4,6

5,8

8,3

13

K6

5,4

5,5

6,8

9,3

14,1

K7

6,7

6,9

8,1

10,8

15,8

K9

10,4

10,7

11,9

14,6

19,9

500

K5

4,5

4,6

5,8

8,4

13,2

K6

5,3

5,4

6,7

9,3

14,2

K7

6,5

6,7

8

10,6

15,7

K9

10

10,2

11,5

14,3

19,7

600

K6

5,3

5,4

6,8

9,5

14,6

K7

6,3

6,5

7,7

10,6

15,9

K9

9,4

9,7

11

14

19,6

K10

10,5

10,7

12

14,8

20,2

700

K6

5,4

5,5

6,8

9,2

15,2

K7

6,2

6,4

7,8

10,7

16,3

K9

9

9,3

10,7

13,8

19,6

800

K6

5,5

5,6

7,2

10,1

15,7

K7

6,3

6,5

7,9

11

16,7

K9

8,9

9,1

10,5

13,7

19,8

900

K7

6,1

6,2

7,7

10,8

16,5

K9

8,4

8,6

10,1

13,2

19,3

1000

K7

5,9

6,1

7,5

10,6

16,3

K9

8

8,2

9,7

12,9

18,9

1200

K7

5,7

5,9

7,3

10,3

16

K9

7,5

7,7

9,2

12,3

18,2

1400

K7

5,6

5,7

7,1

10,2

15,8

K9

7,1

7,3

8,8

11,9

17,8

1500

K7

5,5

5,7

7,1

10,1

15,8

K9

7

7,2

8,7

11,8

17,6

1600

K7

5,5

5,6

7

10,1

15,7

K9

6,9

7,1

8,6

11,6

17,5

 

Solo tipo A – Com carga rodante:

Diâmetro Nominal DN

Classe

Tipo de vala

Tipo 1

Tipo 2

Tipo 3

Tipo 4

Tipo 5

Min.

Max.

Min.

Max.